cicaf

*

Você está aqui: HomeNotíciasVivência do Carisma junto aos Guarani e Kaiowá no Mato Grosso do Sul
Publicado em Notícias
Postado por  Sede Geral - Ana 31 Outubro 2018
Vivência do Carisma junto aos Guarani e Kaiowá no Mato Grosso do Sul

Um olhar de fora, mas de dentro ao mesmo tempo!

Há quatro anos comecei a caminhada junto aos Guarani Kaiowá do MS. Vim apenas com a “cara e coragem” de começar uma nova experiência, visto que não conhecia a realidade e muito menos os desafios que aqui encontraria.

Aceitei prontamente o convite que me foi feito para compor a equipe em Dourados MS. Aqui já estava a Miriam Spézia dando os passos iniciais e já encaminhada pela equipe geral de articulação do Projeto Guarani, Marco do centenário da congregação.

Vim com o desejo de conhecer, aproximar, escutar e aprender com os indígenas a caminhada que os conduz nesta realidade. Não tinha lido nada sobre este povo e sua história. Vim despojada e vazia de tudo para com eles encher-me das suas experiências, vida, cultura, espiritualidade e tudo que compõe o ser Guarani Kaiowá nestas terras do MS. Posso afirmar que foi:

Tempo de muita aprendizagem e adaptação. Aprendi frear os passos ao ritmo do cotidiano... Aprendi a dar tempo ao tempo, pois as pessoas são mais importantes que o olhar no relógio, a pressa, as vaidades, os compromissos que vamos enchendo nas nossas intermináveis agendas. Assim, no compasso e ritmo do povo, na roda do tereré ou do mate, acompanhado de muita conversa, troca de histórias dos antepassados, explicação da cultura e dos costumes, ensinamento e compreensão e aprendizagem da língua, partilha das informações, formação política e conjuntural, fui entendendo aos poucos a realidade Guarani Kaiowá.

Este povo nos ensina muito com sua maneira do bem viver sem perder a alegria e a paz, mesmo em situações de conflitos, despejos, perseguições, fome e todo tipo de violências enfrentadas.

“Os indígenas são povos de esperança; uma esperança que vai minando no interior das pessoas e dos sistemas da sociedade.”

Para mim conviver assumir a missão nesta realidade foi uma graça! Tempo de rever valores e conceitos; tempo de escuta e muita aprendizagem; tempo de silêncio e contemplação; tempo de ñemonguetá porã; (muita partilha); tempo de tirar as sandálias e pisar no lugar sagrado; tempo de “pagar micos” por palavras pronunciadas erradas na língua guarani; tempo de conhecimento e conquista da confiança, do pertencer ao grupo, do ser como uma deles; tempo ainda do susto, do medo, das perseguições e emboscadas, mas também, tempo onde fui experimentando a presença amorosa do Deus que caminha conosco!

Sinto ainda que foi também um tempo forte de vivência de nossa espiritualidade francisclariana: no despojamento, na inserção, na Itinerância, na humildade, na irmandade ampliada, no ser menor; nos gestos de partilha e solidariedade.

Como irmãs catequistas franciscanas podemos afirmar que nossa contribuição é grande, demonstradas na presença real, significativa e solidária em todo momento da caminhada dos Guarani e Kaiowá do MS. Mas o clamor continua: “Os pequeninos pedem pão”.  Estamos dispostas não só a repartir o pão material, mas o pão mais precioso que temos: a nossa vida em missão! Quem deseja somar conosco?

“A Sabedoria Guarani é fonte de esperança, porque estamos convencidas de que a presença indígena na sociedade é como um oásis de fé e espiritualidade que pode dar humidade ao mundo onde prevalece a secura estrutural.”

Informações adicionais

  • Fonte da Notícia: Irmã Cristina Souza

Comentários  

#4 Irmã Eliza Schafaschek 05-11-2018 12:37
Cristina, minha irmã, um grande abraço de fortaleza, de solidariedade e de alegria por sua missão aí junto aos mais fragilizados da história. Parabéns pela coragem e espírito de entrega a esta causa. Que Deus nos mostre o caminho para a continuidade deste projeto. Na missão e no mesmo ideal, estejamos em comunhão. Com carinho, Eliza
#3 Marilete 03-11-2018 21:00
Oi Cristina! Que alegria ler a partilha da sua vida junto aos Guarani e Kaiowá. Senti o pulsar da sua vida, durante estes anos. Sim o desafio continua. Quem sabe um dia poderemos somar com você. Um abraço grande e votos de muita paz. Com carinho, Marilete
#2 Tereza Zardo 01-11-2018 22:46
Querida Cristina! Boa noite! Fiquei emocionada com o seu testemunho. Parabéns por tanta doação. Que Deus lhe dê muita saúde e sabedoria. Rezo por você e por toda a missão. Você sabe que é minha IRMÃ. Grande abraço!
#1 Rita Oechsler 01-11-2018 00:38
Boa noite Irmã Cristina. Abri a página e vi seu depoimento. Gostei, admirei. Essa noite no momento de oração lembramos você e as demais irmãs que marcam presença junto aos indígenas. Rezamos por você e as demais.Estamos preocupadas com a continuidade, com o que poderá acontecer com o futuro devido o resultado do dia 28/10/2018. Você pergunta: quem deseja somar? Você está garantindo nossa presença em nome da Congregação. Parabéns pela coragem e disponibilidade . Nossa prece e sintonia. Abraço. Rita

Adicionar comentário


 

Direção:
Isabel do Rocio Kuss

Ana Pereira Macedo

 Ivonete Gardini

Arte: Lenita Gripa

Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas
Rua Des. Nelson Nunes Guimarães, 346
 Bairro Atiradores - Joinville / SC – Brasil
Fone: (47) 3422 4865