cicaf

*

Você está aqui: HomeNotíciasPáscoa de Irmã Emilia Martina
Publicado em Notícias
Postado por  Província Imaculado Coração de Maria 27 Março 2019
Páscoa de Irmã Emilia Martina

“Revelas os teus segredos

Aos simples e pequeninos!”

 

Aos 23 de janeiro de 1923, na localidade de Braço Paula Ramos em Luis Alves, o casal Jacob e Thereza Martina acolheu, com imensa alegria, a quarta filha, a quem deu o nome de Emília.

Pelo que se conhece da região de Luis Alves, a família Martina, como todas as outras, era profundamente religiosa. Emilia cresceu nesse terreno bom, onde eram cultivados os valores do Evangelho e onde também se cultivava com muito carinho a vocação à vida religiosa.

Assim, Emilia foi crescendo em idade, sabedoria e nos valores evangélicos e, ao mesmo tempo, acolhendo a inspiração divina e fazendo seu discernimento vocacional.

Aos 13 anos ingressou na congregação das Irmãs Catequistas, sendo acolhida em Rodeio, no dia 06 de junho de 1936. Fez o noviciado no ano de 1938 e a profissão religiosa aos 06 de janeiro de 1939.

Entre os anos de 1939 e 1967, Irmã Emilia partilhou o pão do saber com inúmeras crianças e adolescentes, como educadora, nas comunidades de Baixo Salto em Nova Trento; Rio dos Cedros; Ribeirão do Campo em Benedito Novo; Agronômica; Barra do Aterrado Torto em Pouso Redondo e em Alto Rio Krauel, no município de Witmarsum.

Aposentada no magistério escolar, exerceu o Lava-pés através dos mais diversos afazeres da casa, jardim, horta e chácara, nas fraternidades de Rodeio, Santa Maria em Benedito Novo, Doutor Pedrinho, Camboriú, Meia Praia – Itapema, Nereu Ramos, Rodeio 50, Rio dos Cedros e Rodeio Doze.

Ao lado dessas atividades, sempre fez frutificar também suas habilidades artísticas de crochê, bordado e tricô; suas faculdades intelectuais, através de muita leitura, inclusive a leitura diária do jornal, da Revista Convergência e outros periódicos que circulavam pela casa. E não faltava tempo para um bom joguinho de baralho, quando houvesse parceria, e nem para fazer palavras cruzadas. Na sacolinha do tricô, sempre havia também a revistinha das palavras cruzadas.

Tudo isto, sem dúvida alguma, construído sobre a rocha da vida de oração pessoal e comunitária, da meditação da Palavra de Deus, da espiritualidade francisclariana e da fidelidade ao primeiro amor.

Irmã Emilia foi sempre uma pessoa muito discreta e silenciosa. Em Rodeio Doze, como não pudesse visitar as famílias por causa da fragilidade física, dedicava boa parte do tempo ao serviço de escuta e aconselhamento das pessoas que a procuravam em casa, para fazer algum desabafo ou pedir ajuda.

A partir de 2015, já com a saúde fragilizada, Irmã Emilia passou a integrar a fraternidade Paz e Bem em Rodeio, onde poderia receber maiores cuidados das irmãs e equipe de enfermagem da casa.

Domingo último, dia 24 de março, Irmã Emilia foi hospitalizada no OASE em Timbó, com anemia e muitas dores.

Ontem, por volta das 19 horas, a Divina Fonte da Vida a acolheu em seus braços. Seu corpo está sendo velado na capela da Casa Mãe em Rodeio e a celebração de ação de graças por sua vida e missão será hoje, dia 27, às 14 horas, seguida do sepultamento, no Cemitério Municipal de Rodeio.

Agradecemos a Deus pelos 96 anos de vida, pelo bonito testemunho missionário, de alegria e simplicidade! Damos graças, de modo especial, pelos 80 anos de vida religiosa, na fidelidade incondicional ao Carisma da Irmã Catequista Franciscana.

Informações adicionais

  • Fonte da Notícia: Irmãs Cleria Ferreira e Romilda Graciosa Weinrich

Comentários  

#4 lourdes Tereza Crestani 14-04-2019 00:21
Ir. Emilia ajuda-nos a ser silenciosas, alegres e acolhedoras.
#3 Marilete 03-04-2019 20:00
Obrigada Ir. Emilia, pelo testemunho de vida e doação.
#2 Ana Lúcia Corbani 27-03-2019 20:02
Querida Ir. Emília! Somos profundamente agradecidas ao Deus da Vida pelo seu testemunho de amor e fidelidade ao chamado! Que junto de Deus continues velando por nós, suas coirmãs, que necessitamos tanto de orações para prosseguirmos com ternura e vigor a missão a nós confiada nestes tempos tão urgentes! Descanse em paz!
#1 Eliza Schafaschek 27-03-2019 16:16
Que vida linda! Irmã Emilia, ensine-nos a viver, no silêncio, a profundidade da união com Deus. Junto dele, goze da plena luz.

Adicionar comentário


 

Direção
Isabel do Rocio Kuss

Ana Cláudia de Carvalho Rocha

Marlene dos Santos

Arte: Lenita Gripa

Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas
Rua Des. Nelson Nunes Guimarães, 346
 Bairro Atiradores - Joinville / SC – Brasil
Fone: (47) 3422 4865